1 de março de 2011

O Sudão em quatro pontos



Entretanto no Sudão acentuam-se confrontos em Abyei, uma zona onde ainda não se decidiram as fronteiras que irão separar o Sudão do Sudão do Sul, o novo país que irá formalizar a sua independência nos próximos meses. Esta questão, uma das mais críticas em todo o processo de paz que originou o referendo de Janeiro para a secessão do Sul (e que em muito diz respeito às enormes reservas de petróleo existentes nessa região) é, a meu ver, só uma das quatro questões fundamentais que marcarão a região nos próximos anos, e com as quais vos irei maçar nos próximos dias, analisadas tanto isoladamente como em conjunto.

São estas questões A governança do Sudão do Sul e o vácuo de uma classe política; Abyei, a questão das fronteiras e a partilha de recursos naturais; O isolamento de Cartum e a sua nova posição no contexto internacional; e finalmente A relevância do Darfur dentro e fora do processo de secessão.

Parto para este exercício com muito mais dúvidas do que certezas, ao que convido todos os interessados a participar neste debate de idéias.

(Também aqui)

Sem comentários:

Enviar um comentário