8 de dezembro de 2011

Uma aventura e uma proposta

Cartas, a correspondência pessoal de Florbela Espanca, é a proposta que hoje vos deixo. Hoje, porque o 8 de Dezembro também muito a ela lhe pertence.

E perdoem-me o atrevimento de uma aventura por um universo que não é, decididamente, o meu, mas sobrou, inevitável, de uma noite de intimidade com a Bela. Sim, tecnicamente foi uma noite com as suas Cartas, mas na sua essência é tudo a mesma coisa - vão por mim.

Por tua Quimera,
Rosa triste, linda, murcha.
Que não tiveste. Não soubeste.
Rir.
Sem chorar mais alto. Mais dentro. Não te deixaste.
Ir.
P’ra mais longe. Voar por quem te deixou.
Por quem a morte te levou.
Negra Princesa. Tão Querida.
Tão tarde te beijou.

Sem comentários:

Enviar um comentário